Filmes Selecionados – 4º Metrô


2020, ano do coração louco. Tronco oco fervendo de escorpião e verme.

Mas o ofício do Metrô é continuar. Chegamos neste segundo semestre tão desgraçados da cabeça quanto qualquer um que tenha cabeça. Tudo diferente, a quarta edição do festival irá acontecer online. Aí pensamos: que diabos é esse NOVO NORMAL que os bancos, as marcas de cerveja, de celulares, de cosméticos tanto falam? O novo normal é que agora há a possibilidade de se adquirir um smartphone com 12 câmeras? O novo normal é que agora o algoritmo seleciona os minutos que vamos gostar em um longa-metragem, pra gente não perder tempo, afinal, não se pode perder tempo?! A gente quer escapar dessa balela.

Ansiamos por uma edição do festival que prossiga não só como se tudo tivesse acontecido, e sim também como se tudo ainda estivesse por acontecer. O que vai acontecer? Não sabemos, mas, junto com uma turma de estudantes, que vive o pior momento possível para se estar na universidade, vamos tentar inventar e imaginar.

Pensamos um formato e selecionamos um grupo de filmes que olham para o presente, mas que não deixam de projetar alguma coisa para o futuro. Ao contrário das edições anteriores, não há separação entre mostra competitiva e mostra panorama.

São esses os 30 filmes que farão a obra de manter de pé a 4ª edição do Metrô – Festival do Cinema Universitário Brasileiro:

SELEÇÃO OFICIAL

-72 Dias com Pedro (Goiânia/GO), de Victoria Edwiges | 2020 | 22′ | Espaço Kino/Curso de Cinema – Realização de Curta-metragem

-Acho Que (Florianópolis/SC), de Bianca Pirmez | 2020 | 5’| UNISUL/Cinema

-Ainda Somos os Mesmos nas Memórias do Passado (Rio de Janeiro/RJ), de João Folha | 2020 | 10′ | UFF/Turismo

-Amamentando Morcegos (São Paulo/SP), de Gabriel Gomes | 2019 | 15′ | AIC/Filmworks

-A Morte Branca do Feiticeiro Negro (Florianópolis/SC), de Rodrigo Ribeiro | 2020 | 10′ | UNISUL/Cinema

-Aréola (Belo Horizonte/MG), de Malu Tamietti | 2020 | 16′ | UNA/Cinema

-Copacabana Madureira (Rio de Janeiro/RJ), de Leonardo Martinelli | 2019 | 18′ | UNESA/Cinema

-Corpos (Belo Horizonte/MG), de Beatriz Xavier | 2020 | 6′ | PUC-MG/Cinema e Audiovisual

-Dinossaurite (São Leopoldo/RS), de Rafael de Campos | 2020 | 12′ | UNISINOS/Realização Audiovisual

-Distorção (Natal/RN), de Davi Revoredo e Paula Pardillos | 2020 | 15′ | UFRN/Especialização em Documentário

-Domesticated Nights (Curitiba/PR), de Lívia Zafanelli | 2020 | 26′ | UNESPAR/Mestrado em Cinema e Artes do Vídeo

-Eu Tinha Alguma Coisa Para Te Falar (Curitiba/PR), de Fabiana Pimentel | 2020 | 10′ | Hollywood Film Academy/Filmmaker

-EXOCONTROLE, 2020 (Uberlândia/MG), de Keyme Gomes Lourenço e Thaís Barros Pimenta | 2020 | 5′ | UFU/Mestrado em Educação

-Letícia, Monte Bonito, 04 (Pelotas/RS), de Julia Regis | 2020 | 20′ | UFPel/Cinema

-Mamãe Tem um Demônio (São Paulo/SP), de Demerson Souza | 2020 | 25′ | Anhembi Morumbi/Cinema

-Maresia (Belo Horizonte/MG), de Caio Scovino e Gustavo Koncht | 2020 | 3′ | PUC-MG/Cinema

-Não Acredito no Inferno (Pelotas/RS), de André Berzagui | 2020 | 11′ | UFPEL/Cinema

-Não é mesmo, Flavinha? (Goiânia/GO), de Lara Carvalho | 2020 | 3′ | UEG/Cinema e Audiovisual

-Onde a Fé Tem Nos Levado (São Cristóvão/SE), de Neto Astério | 2020 | 18′ | UFS/Cinema

-O último dos rolês (Florianópolis/SC), de os últimos românticos | 2019 | 7′ | UFSC/Letras

-P4 (Brasília/DF), de Layo Stambassi | 2020 | 17′ | UnB/Audiovisual

-Pátria (Fortaleza/CE), de Lívia Costa e Sunny Maia | 2020 | 7′ | Vila das Artes/Audiovisual

-Preâmbulo Para Amar a Rua (Curitiba/PR), de Oda Rodrigues | 2019 | 6′ | UNESPAR/Mestrado em Artes

-Projeção (Santos/SP), de Thomas Aguina | 2019 | 17′ | São Judas Campus Unimonte/Cinema

-Ratoeira (Palhoça/SC), de Carlos Adelino | 2020 | 10′ | UNISUL/Cinema

-Tamanho 34 (Rio de Janeiro/RJ), de Gabriela Niskier e Manoela Paixão | 2020 | 24′ | AIC/Filmworks

-Teiko (Curitiba/PR), de Hugo Junqueira | 2020 | 9′ | UNICURITIBA/Design de Animação

-Um Filme de Ricardo (Curitiba/PR), de Rafael Neri | 2020 | 3′ | UNESPAR/Cinema

-Um Passeio por Campinas dia 29 de abril de 2020 (Campinas/SP), de André Quevedo Pacheco | 2020 | 7′ | USP/Audiovisual

-vídeo engolido (Curitiba/PR), de Isa Melo | 2020 | 2′ | UNESPAR/Cinema