Júri

Júri Oficial

Esta é a composição do nosso júri especializado que irá premiar três dos curtas exibidos no festival com o tradicional Troféu Passagem.

Álvaro Zeini Cruz
Doutor e Mestre em Multimeios pela Unicamp, com parte da pesquisa feita na University of Leeds. Especialista em Argumento e Roteiro pela FAAP. Bacharel em Cinema e Vídeo pela Faculdade de Artes do Paraná. Pesquisou crítica cinematográfica e telenovela, passeou entre roteiro e direção, e é professor universitário nos cursos de audiovisual da FIB e do Centro Universitário SENAC. Idealizou a revista “Pós-créditos”, foi curador da Mostra Filma Bauru e participante do programa Talent Press 2018.

Arícia Machado
Artista multimídia, diretora de arte e pesquisadora na área de processos de criação nas Artes do Vídeo. Formada em Cinema e Audiovisual e Mestranda no programa de pós-graduação Artes do Vídeo na Universidade Estadual do Paraná. Produtora e professora da oficina de realização “Passeio Audiovisual” que teve sua primeira edição em 2019 no Cinepasseio. Desenvolve também videoartes, videoinstalações, ensaios fílmicos, ilustrações e outros produtos digitais desde 2016. Fez residência artística na galeria AIREZ onde desenvolveu as videoinstalações Natura In Data e Noite Ciborgue. Atualmente faz parte do quadro docente do curso de Cinema e Audiovisual na Universidade Estadual do Paraná.

Maurício Ferreira
Formado em Cinema pela Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). Realizador audiovisual, fundador e coordenador geral do 3 Margens – Festival Latino Americano de cinema e fundador e programador do Cineclube Oficina Clandestina. Foi Júri oficial da 7° edição do “PLAY Semana do Vídeo Arte” (Corrientes, Argentina); Coordenador da Mostra Internacional e jurado oficial do 17° Festival do Audiovisual Universitário NOIA (Fortaleza – CE).

Waleska Antunes
Formada em Cinema e Audiovisual pela Universidade Estadual do Paraná, pesquisa Literatura e Outras Linguagens no Mestrado em Estudos Literários pela Universidade Federal do Paraná. Também atua como programadora e curadora no Cineclube do Atalante, organizado pelo Coletivo Atalante na Cinemateca de Curitiba.


Júri Pitching MetrôLAB

Bruno Costa
Formado em cinema pela Faculdade de Artes do Paraná; atua na área desde 2004 como roteirista, diretor e produtor. Nesse meio tempo, escreveu e dirigiu três longas-metragens: o documentário Cinematoso; e as ficções, Circular e o mais recente, Mirador. No momento prepara seu próximo longa “Nem toda história de amor acaba em morte”, com filmagens previstas para 2021.

Camila Macedo
Doutoranda e mestra em Educação pela UFPR e bacharela em Cinema e Vídeo pela Faculdade de Artes do Paraná/Unespar. Atua nas áreas de realização, pesquisa e curadoria em cinema. Roteirizou e dirigiu o curta-metragem de ficção Lirion (2018), o episódio [Des]Alinhadxs, da série televisiva documental [Des]Iguais (2017), e o vídeo experimento fílmico (2015). Em parceria com Débora Zanatta, é responsável pela programação do Sesi Cineclube Solax e coordenou o Núcleo Audiovisual Sesi/PR de 2019. Desde 2018, compõe a equipe de seleção e programação de filmes do Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba. 

Fran Camilo
Cineasta, produtora, produtora executiva, diretora de produção cultural, jornalista e proprietária da Metafixa Produções. Nascida em Cáceres-MT, é pé-vermelho de coração (Londrina-PR) e atualmente mora em Curitiba. Formada em Comunicação Social – Jornalismo pela UEL e especializada em Cinema pela Tuiuti, atua em cinema e TV somando mais 20 obras entre curtas, longas, médias / ficção e documentários. Seus principais trabalhos são: doc. Saga Cidade (Luis Mioto, 2012), doc. Bicho do Paraná (Vander Colombo, 2019), Mirador (Bruno Costa), A Mesma Parte de Um Homem (Ana Johann), doc. Todos os Santos de Maria (Beto Carminatti), Jesus Kid (Aly Muritiba), Deserto Particular (Aly Muritiba), Tentei (Laís Melo, 2017), Bicho do Mato (Juliana Sanson, 2018), Duda (Eugenia Castello e William Biagioli, 2019), Sobre Meninos e Bicicletas (Julia Vidal). Além disso, dirigiu e produziu o longa doc. Londrina Sorri para o Choro (2018) e o curta Erguendo Curitiba (em finalização). Também já produziu institucionais, conteúdo de vídeo para internet e vídeos-poemas junto à Metafixa.


Júri Universitário

Alanis Machado (UNESPAR – PR)
Davi Braga (UFF – RJ)
Helena Frade (UFJF – MG)
Lira Kim (USP – SP)
Pedro Mesquita (UNB – DF)
Rodrigo Coelho (UFC – CE)
Victoria Tuler (UNESPAR – PR)