MetrôLAB

Confira abaixo os projetos selecionados para a edição 2018 do MetrôLAB:

-179X, de Gustavo de Almeida – UFF/RJ
-Carcaça, de Jessica Gonzatto – UNISINOS/RS
-Lá Vem a Morte, de Kassio Pires (roteirista e produtor) e Luciano Hiroshi (diretor) – UEG/GO
-Mãe do Ouro, de Maick Hannder – UNA/MG
-Pedaços de uma Vida Qualquer, de Alexandre Bispo – UFF/RJ
-Ponto Morto, de Icaro Zanutto e Stefano Lopes – UNESPAR/PR
-Power Ranger Vermelho, de Felipe Lovo e Willian Fragata S – UNILA/PR
-O Sabá das Bruxas, de Gustavo Mazuroski – UNESPAR/PR

Agradecemos de coração a todos os 42 projetos inscritos.

Os selecionados passarão por um laboratório durante os dias do festival, com consultorias nas áreas de roteiro, direção e produção. No dia 24/11, às 13h30, na Cinemateca de Curitiba, haverá uma apresentação pública destes projetos. Um projeto será premiado e receberá apoio em equipamentos do CTAv – Centro Técnico Audiovisual.


CONSULTORES 2018

ROTEIRO

Caroline Biagi
Graduada em Cinema pela FAP/UNESPAR e Pós-Graduada em Produção de Arte e Gestão de Cultura pela PUCPR. Roteirizou e dirigiu os curtas metragens “Agosto” (2012), “O Fim do Verão” (2015), “Noite Púrpura” (2016). Seu novo curta, “Brasil x Holanda” (2018), recebeu menção honrosa no Laboratório de Projetos de Curta-metragem do Festival Curta Cinema, e estreou recentemente no  29º Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo. Desenvolve atualmente o roteiro de seu primeiro longa-metragem, “O Sol e o Peixe”, aprovado no edital Prodav 05 do FSA.

Henrique dos Santos
Roteirista, formado em Cinema pela FAP/UNESPAR. Roteirizou a série de tv “Nóis por Nóis”, projeto contemplado no edital PRODAV TVS PÚBLICAS; recebeu recentemente o prêmio de Melhor Roteiro para Curta-metragem no festival ROTA (Festival de Roteiro Audiovisual/RJ) por “O Casamento de Cristina”, e foi finalista no concurso de roteiros do FRAPA (Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre) com seu primeiro roteiro de Longa “Deserto Particular”, já contemplado com recursos do FSA, a ser dirigido por Aly Muritiba em 2019.

PRODUÇÃO

Diana Moro
Produtora, sócia-gerente da Moro Filmes. Assina a produção executiva de “Nervo Craniano Zero” e demais obras de Paulo Biscaia Filho, como “Marlon Brando, Whiskey, Zumbis e outros apocalipses”, que será realizado em 2019. Produtora dos longas de estreia de Diego Lopes e Claudio Bitencourt (“Lamento”) e de Severino Neto e Rafael de Carvalho (“A Batalha de Shangri-Lá”), ambos em pós-produção; em 2018 estreou sua primeira co-produção internacional “Virgin Cheerleaders in Chains”. Para 2019 prepara o lançamento de três produções inéditas: “Alex Camera 10”; “Porfírio do Amaral”; além do suspense “Destino das Sombras”. Criadora e idealizadora do evento Madrugada Sangrenta, que na edição de 2014 trouxe para Curitiba/PR o maior mito do cinema de gênero no mundo – Roger Corman. É também responsável pela distribuição de filmes de novos expoentes do terror nacional como Rodrigo Aragão, Joel Caetano, Kapel Furman, Armando Fonseca e outros.

Paula Gomes
Paula é produtora audiovisual. Trabalhou na Aperipê TV de 2007 a 2011,  com um breve intervalo de 2008 a 2009, quando foi Coordenadora Geral do Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira. Foi produtora executiva do longa “A Pelada” (Damien Chemin, 2014), coprodução Bélgica/Brasil. De 2014 a 2016, foi produtora executiva do escritório regional sudeste do Prodav TVs Públicas (Ancine/ FSA/ EBC/ MinC). Atualmente, faz parte da equipe da Olhar Distribuição, distribuidora independente de filmes brasileiros.

DIREÇÃO

Rodriane DL
Rodriane DL é diretora e roteirista. Estudou Publicidade na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) de 1996 a 1999. Em 2004, decidiu seguir a sua verdadeira paixão, então foi para a escola de cinema na Faculdade de Artes do Paraná (FAP/UNESPAR-PR), onde se formou em 2009. Ainda na escola de cinema começou a dirigir videoclipes e curtas-metragens, incluindo o seu primeiro filme Naftalinas, Doces e Traças (2009). Seu último curta é a ficção científica Órion, já exibido em diversos festivais de cinema.

Tomás Von Der Osten
Diretor e montador, formado em Cinema pela FAP/UNESPAR e com Mestrado em Arte Multimídia pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa. Dirigiu os curtas “Vó Maria” (2011 – Prêmio de Melhor Curta na Mostra Tiradentes), “Miragem” (2011), “Nem a mim, nem a ti” (2012) e “A Invenção da Noite” (2015). Atualmente, desenvolve seus primeiros projetos de longa-metragem: “Lá Fora Está Tudo Calmo”, projeto participante do BR Lab em 2013; e “Continente”, integrante do Núcleo Criativo Aqui e Lá da Sto Lat Filmes, que contou com consultoria de Lucrecia Martel e Karim Ainouz.